imagens: Gabriela Rocha e Rogério Ortiz

Sexta 

Edição

Editorial

por Camila Soares 

    A sexta edição da Revista TKV, produzida durante a pandemia de COVID-19, carrega consigo a oportuna temática em torno da Saúde. Questões que não apontam diretamente para as implicações do COVID-19, mas que nos abrem o olhar para a necessidade do cuidado de si e do debate acerca da saúde coletiva.

    Aqui, diferentes abordagens não se contradizem, mas se complementam, criam um conjunto harmônico para pensar/sentir/promover o equilíbrio dos sistemas do corpo individual e, consequentemente, do corpo coletivo. Há uma pergunta de fundo que permeia a edição, e que dá suporte ao tema Saúde: quais os sistemas implicados em cada contexto, e quais as linhas de conexão que permitem que esses sistemas operem de forma harmônica? É preciso aprender a co-existir sem constringir o outro, sem constringir a si mesmo, e o que o olhar para a saúde tem nos mostrado é que é preciso, mais uma vez, exercitar a escuta, a empatia e a inventividade para que outros caminhos sejam elaborados em direção à saúde dos corpos e do ambiente que habitam. O movimento de busca nos importa mais do que a chegada a algum lugar. São as perguntas, as práticas, as fricções e as tessituras que nos fazem pensar a temática desta edição.

    A pandemia nos trouxe a necessidade de agir individualmente a partir da consideração do todo, nos posicionou a todos em um só tempo, em um só agora, como bem lembra José Gil no ensaio O medo1, escrito para a Coleção Pandemia Crítica da Editora N-1. Temos um importante problema de posição a ser observado. A posição temporal que a população mundial experimenta agora torna ainda mais evidente a importância de repensarmos a nós mesmos: a saúde dos outros é também a minha saúde, e vice-versa. Coletivo e individual parecem não estar em posições opostas, não se trata de uma dualidade: A doença dos outros é também a minha doença. Seja pelo contágio viral ou pelo contágio simbólico, estamos intimamente ligados - daí a importância de ampliar o debate, de vislumbrar horizontes, de co-pensarmos nossas práticas de/com/para o corpo e o mundo.

    Temos aqui uma oportunidade de colocar uma lupa sobre as práticas e condutas a respeito do corpo e da dança e promover mudanças, construir conhecimentos, pontes, trocas. Temos a oportunidade de fazer perguntas.

    Estamos, também, sujeitos a condições que nos são impostas pelo novo Coronavírus, e que desestabilizam o nosso tão frágil sistema. Cuidar da própria saúde passa por uma necessidade anterior de observar a si mesmo e aos outros com empatia, com sensibilidade, com rigor. Na Técnica Klauss Vianna o ato de observar a nós mesmos é um elemento estruturante, assim como  em diversas técnicas e vertentes no campo da Educação Somática. Quaisquer mudanças e experimentações acerca da saúde das estruturas corporais só são possíveis após um cuidadoso processo de constatação. Para o corpo coletivo o caminho não parece ser muito diferente, embora, por vezes, mostre-se um procedimento dolorido e desconfortável. 

    Esta edição é muito especial para nós porque inaugura, também, um espaço que deseja ampliar o debate sobre técnicas e trabalhos somáticos para além da Técnica Klauss Vianna. A partir desta sexta edição a Revista TKV abre espaço para escritos oriundos de outros trabalhos e técnicas corporais que dialogam com a perspectiva somática. Esse movimento tem a intenção de convidar ao debate, de partilhar perguntas, de instigar-nos, uns aos outros, a partir de diferentes perspectivas. Será que fazemos as mesmas perguntas aqui e acolá? Quais os caminhos de investigação possíveis, quais os recursos? Quais os avanços? Abrir para complexificar - esse é o novo desafio.

    Fica aqui um desejo profundo de que os escritos publicados pela Revista TKV cheguem aos seus ossos, às suas células. Seguimos trabalhando com o intuito de que a discussão proposta por essa revista possa operar de forma construtiva no sentido de promover pensamento-movimento.

    Boa leitura!

v.1  nº6 / 2020

revista semestral

ISSN 2594-5203 / DOI:10.17648/10.17648/revistatkv-v1n6

Baixe o PDF da

revista na íntegra

  • CETKV
  • CETKV

revista

TKV

versão online desde 2017