ABRINDO ESPAÇO: INDISCIPLINA COMO PROPOSTA

Beatriz Benvengo e Virgínia Laís de Souza

revistatkv-v1n9-1

10.4322

/

Este artigo aborda, a partir dos estudos da Técnica Klauss Vianna, o desencontro com as potências do corpo vivenciada pele profissional da educação diante das mudanças e desafios ocasionados pela pandemia da COVID-19. Para tanto, apresenta uma proposta de revitalização, um reencontro com as potencialidades de educadore enquanto possibilidade de ação individual e pedagógica. A proposta é trabalhada a partir do reconhecimento das dificuldades enfrentadas por esses corpos, propondo o autoconhecimento como recurso para a indisciplina. A fundamentação teórica para esta escrita se dá por autores como Klauss Vianna, Jussara Miller, Neide Neves, Helena Katz, Christine Greiner, David Lapoujade, entre outros.